Novidades

IPC dá primeiro passo rumo a Sustentabilidade


Preocupados com a crescente demanda de resíduos gerados pela população e empresas, os dirigentes do IPC – Laboratório Médico passaram a utilizar papel reciclado em boa parte da sua papelaria, como os envelopes de entrega de exames, os papéis da pesquisa de opinião e o informativo IPC Atualiza. “Desta forma poupamos muitas árvores e ajudamos a gerar menos lixo, pois o papel já veio dele”, afirma a diretora do IPC, Dra. Ana Dirce.
Além do lixo comum, em um laboratório de análises clínicas são gerados resíduos como materiais químicos e objetos perfurocortantes que requerem um descarte especial, por isso é importante seguir as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que define critérios para descarte de cada resíduo.
No IPC – Laboratório Médico essas regras são seguidas a risca. Os perfurocortantes, por exemplo, são descartados em recipiente rígidos, apropriado para evitar qualquer tipo de acidente, já os infectantes são descartados em sacos plásticos da cor branca leitosa que contem símbolo referente a este tipo de resíduo.
Após devidamente coletados e descartados, os resíduos são coletados por uma empresa credenciada pela prefeitura, que dão o devido tratamento e destino aos resíduos contaminados.
“Em busca da sustentabilidade, o IPC – Laboratório Médico investe e atualiza-se em novos exames e formas de coleta que diminuam a geração de resíduos”, afirma Dra. Ana.